Come On Burger – X Salada – C´mooooonnnn!!!!!

Receita: Hamburguer de 160g, queijo prato, rodela de tomate, alface, cebola,mayo caseira no pão de hambúrguer

Valor:  R$22,00

Acompanhamento:  não

Experiência: 4 Estrelas

Hoje em dia, os burgers tem uma tendência a ser gourmet. Por gourmet,entende-se: blend cuidadosamente elaborado, ingredientes sofisticados,burgers altos, pães especiais, reduções de não-sei-quê, trufados de não-sei-onde… particularmente, eu ADORO!!

Dito isto, todo hamburgeiro que se preze tem paixão por dois sanduíches em particular: o cheeseburger e o cheese salad – ops, perdão: o X Burger e o XSalada! Daqueles com sabor das antigas mesmo. Do tempo em que as padarias faziam um burger decente. Mas também, gostam das releituras modernas destes dois clássicos. Foi com este pensamento que fui experimentar o X Salada do Come On Burger, nova hamburgueria aberta em março na Vila Mariana. Não costumo ir com freqüência para aqueles lados mas fui, porque um amigo que também curte um bom burger foi e me recomendou.

cm3

O lugar é bem pequeno, no estilo de algumas hamburguerias que surgiram na cidade nos últimos tempos .Assim como estes lugares, também é bem conchegante. No cardápio, além dos clássicos já citados, há outras opções, até um com a combinação de cream cheese com geléia de pimenta – deu vontade, mas já fui com a escolha decidida.

cm2

X Salada. Ao pedir, disse que queria o burger a ponto pra menos. A simpática moça que anotava os pedidos fez cara de espanto – não sabia o que era ponto pra menos.  Pessoal,talvez ela precisasse de um pouco de treinamento, ou fez  essa cara por não gostar de ponto menos, sei lá…. Já faz tempo que mal passado, ao ponto e bem passado ganharam companheiros. Pedi a porção de fritas como entrada. Quando vi o preço (R$12,00), achei que a quantidade seria razoável. Para minha surpresa – não necessariamente positiva(dependendo da fome) – a porção é suficiente para TRÊS adultos .  Eram tantas batatas que escondiam o ketchup de maçã que companha a porção. Gente, na boa, no mínimo deveriam criar a opção de meia porção. Estavam sequinhas e crocantes, como promete o cardápio. Mas a aparência não é das mais bonitas que já vi. A fritura foi um pouco irregular – algumas, mais fritas que as outras.

cm7

Vamos ao hambúrguer.

O X Salada veio bem montado, numa bandejinha, sem frescuras. O cardápio avisa: “Hamburger se come com as mãos, portanto não servimos talheres”.OK, eu concordo. Mas, precisa ser tão radical? E se a pessoa curte ou precisa de talheres? Outra coisa: pra comer burger com as mãos, é fundamental que ele esteja bem montado, e nisso a casa bancou sua radicalidade! O pão estava selado, mas incrivelmente, estava frio. Como assim? Nem sabia que era possível um pão estar selado e frio ao mesmo tempo. Pode isso, Arnaldo?O ponto da carne estava ótimo. Apesar da mocinha não saber o que era ponto pra menos, o cara da chapa sabia, e como sabia.

cm6

cm4

O blend é gostoso e a textura bem agradável. Algumas hamburguerias não colocam sal nos burgers hoje em dia. Não foi o caso. Ao carne tinha a quantidade certa de sal. A maionese estava boa e, apesar de já vir no lanche, não o fez desmanchar em minhas mãos. Mérito. O queijo… bem, achei a quantidade insuficiente. Deveria ter mais queijo. Come on!! Só um pouquinho a mais de queijo não faz mal.

cm5

No geral, aprovei a casa. Como abriram há pouco tempo, sei que estes primeiros dias são os mais complicados e é nesta época que se descobre ajustes a serem feitos que não estavam previstos. Muito potencial. Vontade e resolução de voltar. Gosto de lugares comandados por gente que entende do assunto. Este é um deles. Enfim, satisfeito com meu gostoso X Salada, comemoro o fim da fome como Lleyton Hewitt, tenista australiano, costumava comemorar um ponto bonito: C´mooonnnnn!!!! Eles merecem!

NOTA

Come On Burger

Rua Dr. Álvaro Alvim, 193 – Vila Mariana, São Paulo

Compartilhar
Marcus Baldini

Acadêmico viciado em Hamburger

Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *