Black Trunk – Burgão de 220g

Fomos no Black Trunk em uma terça feira na hora do almoço. A casa estava vazia com apenas uma ou duas mesas. Essa casa vem ficado famosa por sua carne de 220g e o seu próprio bacon, defumado por eles mesmos. 

Começamos pedindo justamente uma porção do famoso bacon, junto com uma porção de Steak de Frango, um tipo de nuggets, acompanhado de uma Honey Mustard. A porção de bacon estava saborosa, senti falta de um pouco de crocância, o nuggets também estava gostoso, mas achei muito grande os pedaços de frango, por serem grandes, retém muito liquido, que ajuda a desfazer o empanado e o deixa extremamente quente por muito tempo, dificultando comer, mas a mostarda estava bem saborosa.

Fomos pedir o hambúrguer, no almoço ele tem um combo que acompanha batatas canoa e um copo de refrigerante, foi esse mesmo o escolhido. Pedi o Pipeline (Pão, Carne 220g, Cheddar Inglês e Maionese), R$29,00, um básicão X-burger disfarçado, na hora do pedido a garçonete me perguntou o ponto, eu respondi: “Ao ponto”. Ela me alertou que ao ponto, era “Vermelhinho e Suculento por dentro”  confirmei e aguardei o meu pedido já com uma expectativa de comer uma carne de 220g “Vermelinha e Suculenta por dentro”. 

Primeiro veio a batata, uma canoa feita na casa, estava bem crocante e gostosa, bem diferente das canoas que achamos por aí, acompanha uma maionese artesanal, bem gostosa também. Fiquei devendo a foto da batata, sorry! 

Chegou o burger, eles vem em uma caixa fechada, que ao abrir a tampa ela se desmonta por completo, muito interessante, mas acho um desperdício muito grande, alias tudo na casa é descartável, recipientes de porções, de molhos, salvo o copo de refrigerante, nao sei se estou em uma fase “Preocupadão com o Mundo”, mas acho que existem formas mais eficientes e menos agressivas de se servir os alimentos.

Ao abrir a caixa, dei uma bela olhada no lanche, a montagem estava impecável, aquela minha expectativa sobre a carne aumentou 10 vezes depois de olha-lo, fui para a primeira mordida…. Logo depois, a garçonete veio ao meu lado, sem eu falar nada, e disse: “Veio ao ponto?”, respondi: “Pra mim isso é ponto +”, pra que, aí veio uma monte de explicações, primeiro me disse que esse era o ponto certo, depois me disse que a chapeira estava em treinamento, mas enfim, comi o sanduíche daquela forma mesmo. Sabe qual é a pior coisa de criarmos expectativas em algo? É quando aquilo que você imaginava desaba em pedaços na sua cabeça, no meu caso, no paladar, a carne estava ponto +, um pouco suculenta sim, mas sem sabor, sem “punch”, sabe aquele prazer de comer alguma coisa? Não tinha, não me pegou, tinha de tudo para ser um dos melhores, mas a carne decepcionou. 

Quando faltava 1 mordida para terminar o burger, veio um outro rapaz na mesa, e perguntou sobre o ponto, esse sim concordou que o ponto veio errado, e me ofereceu trocar o sanduíche, não aceitei, pois faltava somente 1 mordida, elogiei as batatas pra ele, que estavam realmente muito boas, e acabou me mandando uma porção extra delas.

A casa tem de tudo para ser boa, mas por favor, acertem essa carne, façam-nos sentir o “Prazer de dar aquela mordida”!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Black Trunk Brasil

insta: @blacktrunkbrasil

Av. Paes de Barros,2057 – Mooca – São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *